quinta-feira, 19 de maio de 2011

Lahm desaconselha jogadores a declarar sua homossexualidade

Lahm desaconselha jogadores a declarar sua homossexualidade
BERLIM — O capitão da seleção alemã de futebol e estrela do Bayern de Munique, Philipp Lahm, afirmou que desaconselha os jogadores de futebol profissionais a declarar sua homossexualidade, em uma entrevista publicada nesta quarta-feira pela revista Bunte.

"Para aquele que o fizer, as coisas ficarão muito difíceis. Um jogador conhecido por sua homossexualidade se expõe a comentários injuriosos", assegurou o lateral de 27 anos, que disse não ter problema algum em jogar com um companheiro homossexual.

"Não tenho problema algum com os homossexuais", afirmou.

Estas declarações vão de encontro à política da Federação Alemã de Futebol (DFB), que por meio de seu presidente Theo Zwanziger pediu recentemente aos jogadores que declarem sua homossexualidade e prometeu seu apoio a esses atletas.

"Se um jogador de futebol 'sair do armário' será algo valente. Terá o apoio da DFB e o meu", disse Zwanziger em março.

Outros jogadores, como Mario Gomez, do Bayern, e Manuel Neuer, do Schalke 04, também estimularam recentemente seus companheiros a divulgar sua homossexualidade.

Fonte: http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5gWfb7he2wke380dLcXXz68S69Faw?docId=CNG.0d57341d3f5a2561fb127fd7d234dc46.16e1

Nenhum comentário:

Postar um comentário